Translate

O Menino dos meus sonhos - Capitulo 11



Onze

ㅤㅤㅤㅤAo abrir os olhos Demi percebera que já havia amanhecido, sua mãe e seu pai ainda estavam com ela e a observavam preocupados, esperando o desespero e o choro que seguia toda a manhã durante tantos anos... Mais não aconteceu.
ㅤㅤㅤㅤ__Você ta bem filha?__ Daiana perguntou com medo da resposta que ia receber.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu to bem mãe, não se preocupe__ ela garantiu, se sentando na cama, tentando se livrar da sonolência.
ㅤㅤㅤㅤ__Viu só?__ Richard deu um meio sorriso cruzando os braços sobre o peito__ eu disse que impedi-la de dormir não era a solução... Estava preocupada atoa, ela esta bem.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu só preciso de um banho e comer alguma coisa e ai vou estar completamente bem__ Demi garantiu se levantando da cama, mais ao fazer isso algo caiu no chão.
ㅤㅤㅤㅤEla se abaixou pra poder pegar... Era uma rosa vermelha, perfeitamente linda como a que Joe lhe dera em seu sonho. Os olhos dela se encheram de lágrimas enquanto respirava fundo, tentando recuperar o controle.

ㅤㅤㅤㅤ
__Vocês botaram isso aqui?__ ela perguntou mesmo sabendo qual seria a resposta.
ㅤㅤㅤㅤ__Não__ Richard respondeu confuso__ isso não estava ai, de onde veio?
ㅤㅤㅤㅤ__Eu... Eu preciso de ar__ Demi gaguejou caminhando em direção a porta.
ㅤㅤㅤㅤ__Demi aonde você vai?__ Daiana foi atrás da filha__ não pode sair... O doutor Bishop vai trazer o seu remédio pra começarmos o tratamento.
ㅤㅤㅤㅤDemi parou de repente, no meio do corredor e se virou pra encarar a mãe.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu não vou fazer esse tratamento, nem precisa perder o seu tempo__ ela murmurou, a voz firme e convicta.
ㅤㅤㅤㅤ__Mais filha, eu achei que você quisesse se livrar desses pesadelos e...
ㅤㅤㅤㅤ__Eu não vou fazer esse tratamento__ ela repetiu__ eu vou encontrar outro jeito
ㅤㅤㅤㅤEntão ela voltou a andar e sem dizer mais nada atravessou apressada a porta, saindo de casa. 
ㅤㅤㅤㅤJoe estava sentado na mesa, segurava um lápis na mão, fazendo rabiscos em um papel, nada significativo, só tentava descontar sua frustração em alguma coisa, porém nada parecia dar certo. Na verdade, nada mais parecia certo desde que Demi aparecera, ela fez tudo virar de cabeça pra baixo e justamente quando ele tinha finalmente aceitado o seu destino.
ㅤㅤㅤㅤAconteceu muito de repente... Num segundo ele estava sentado tranquilamente em sua mesa, no segundo seguinte ele ouvira um estrondo ensurdecedor e a porta da frente de sua casa estava voando em sua direção, por pouco não o acertando.
ㅤㅤㅤㅤ__Mais que diabos?__ ele se levantou assustado, olhando em direção a entrada da casa... Parado lá com um enorme sorriso no rosto estava Red, o homem dos olhos vermelhos.
ㅤㅤㅤㅤ__Olá Joseph__ ele sorriu parado do lado de fora__ quanto tempo não nos vemos não é mesmo?
ㅤㅤㅤㅤ__O que esta fazendo aqui?__ Joe perguntou pegando uma faca em cima da mesa e segurando com força, se mantendo quieto no lugar, calculando qualquer chance que tinha de escapar caso ele entrasse.
ㅤㅤㅤㅤ__Vamos pular essa parte não é?__ ele riu apontando pra faca__ você sabe bem que eu não posso entrar ai, e você também não vai sair... Então isso é extremamente desnecessário. Eu só vim conversar.
__Arrombar minha porta é um ótimo jeito de puxar conversa__ disse cinicamente.
ㅤㅤㅤㅤ__Foi um pequeno erro, mais eu sei que você pode concertar isso... Não vai ser um problema não é mesmo?
ㅤㅤㅤㅤJoe ficou quieto, segurando a faca com ainda mais força... Fazia tempos que não ficava cara a cara com Red, e depois de tanto tempo, olhar dentro daqueles olhos era extremamente perturbador.
ㅤㅤㅤㅤ__Faz um tempo que agente não se encontra não é?__ ele comentou divertido__ desde sempre é assim... Eu vivia correndo atrás de você, mais de algum jeito você sempre conseguia fugir... Escapava por entre meus dedos como fumaça toda vez que aquele maldito sol nascia.
ㅤㅤㅤㅤ__O que posso dizer? Eu tenho sorte__ provocou, tentando manter a calma.
ㅤㅤㅤㅤ__Até demais pro meu gosto__ concordou não muito contente__ depois de tudo eu finalmente encontrei um jeito de impedir você de ir embora, achei que assim seria fácil, mais ai veio você de novo e encontrou um jeito de se esquivar de mim, de impedir que eu te alcançasse__ ele escorou as duas mãos no batente da porta, jogando o corpo um pouco pra frente, mais sem poder passar__ você sempre foi muito esperto... Eu subestimei você não foi?
ㅤㅤㅤㅤ__É, o que eu posso dizer... Você não é o único que entender das coisas Red.
ㅤㅤㅤㅤ__Sabe eu adoro esse apelido que você inventou pra mim__ zombou caindo na gargalhada.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu tive que improvisar... Já que você sempre tentou me matar, mais nunca me disse seu nome__ deu de ombros.
ㅤㅤㅤㅤ__A intenção nunca foi matar Joe, é ai que você se engana__ ele garantiu__ eu queria você por outro motivo... Você sempre foi esperto, forte, ágil... Mais que qualquer outro que tenha passado por aqui, você aprendeu tudo isso sozinho... O que esse lugar na verdade é, o que você pode fazer aqui... Fascinante.
ㅤㅤㅤㅤ__Devo entender isso como um elogio?
ㅤㅤㅤㅤ__Sim, é um elogio, e eu não costumo ser legal com as pessoas, você sabe bem disso__ ele sorriu, largando o batente e cruzando os braços__ quando percebi que não ia conseguir nada com você resolvi te deixar em paz, pensei que talvez um dia desses você cometesse um deslize, ou talvez eu esqueceria que você existe. E por um bom tempo eu realmente esqueci... Encontrei um brinquedinho bem melhor que você.
ㅤㅤㅤㅤ__Demi__ sua voz saiu em um sussurro.
ㅤㅤㅤㅤ__Sim, Demi__ um sorriso diabólico e malicioso surgiu no rosto dele__ ela é tão linda não é? Tão delicada... Tem um perfume incrível e a pele tão macia... Ah e aqueles olhos... Hipnotizantes não?
ㅤㅤㅤㅤ__Você é um desgraçado__ Joe cuspiu as palavras, os dedos envolvendo a faca com tanta força que quase machucava sua mão.
ㅤㅤㅤㅤ__Estava indo tudo bem com ela... Até você resolver se intrometer__ ele rebateu__ você ensinou a ela como fugir de mim e eu não gostei nada disso... Você tem sempre que encontrar um jeito de arruinar os meus planos não é? Isso me irrita profundamente Joseph, eu já perdi a paciência.
ㅤㅤㅤㅤ__Não vou deixar você tocar nela de novo__ Joe avisou.
ㅤㅤㅤㅤ__Oh eu sei disso__ ele garantiu, um sorriso travesso surgindo em seu rosto que fez Joe tremer dos pés a cabeça__ é por isso que vou me livrar de você.
ㅤㅤㅤㅤ__Não pode me pegar aqui__ Joe o lembrou.
ㅤㅤㅤㅤ__Esta certíssimo Joe, eu não posso pegar você aqui, mais posso te pegar lá fora__ os olhos vermelhos dele brilhavam com a ideia__ aqui eu não posso te tocar, mais lá fora você não pode se proteger de mim... Lá Joe, não tem que te proteja. Você esta vulnerável, só esperando que eu te alcance.
ㅤㅤㅤㅤ__Não pode fazer isso__ toda a segurança de Joe se desfez em um segundo.
ㅤㅤㅤㅤ__Ah eu posso sim__ ele riu__ nunca tinha pensado nisso antes, o que foi bem estúpido... Mais de uns tempos pra cá precisei me concentrar em outras coisas, outros jeitos de resolver essa burrada toda e ai me ocorreu essa brilhante ideia. Eu não preciso mais de você... Então esta na hora de me livrar de você, que é somente um grande empecilho.
ㅤㅤㅤㅤ__Não vai se sair bem dessa__ Joe ameaçou.
ㅤㅤㅤㅤ__Ah eu vou sim e sabe por quê? Você é a única coisa que me impede de chegar nela... Se eu me livrar de você, ela vai ficar frágil e vulnerável de novo e sabe quem vai estar aqui pra consolá-la? Eu mesmo... Ela vai ser minha de novo.
ㅤㅤㅤㅤJoe sentiu o sangue lhe subir a cabeça, a raiva querendo tomar conta... Ele avançou irritado até a porta, até ficar cara a cara com Red, que apenas sorria tranquilamente.
ㅤㅤㅤㅤ__Não se atreva a tocar nela__ avisou__ eu acabo com você.
ㅤㅤㅤㅤ__Engraçado Joe, você é o único que sabe quem eu sou e o que eu quero__ fez careta__ e o único que não pode fazer nada pra me impedir... Ironicamente trágico né?__ deu de ombros despreocupadamente__ lembra Joseph, o que eu fazia com você? As torturas, o sangue... Lembra como aquilo doía? Como você me implorava pra parar? Bom... É isso que eu vou fazer com ela quando você for, só que mil vezes pior... E vou fazer questão de dizer a ela que a culpa é toda sua.
ㅤㅤㅤㅤ__Desgraçado... EU VOU MATAR VOCÊ__ Joe perdeu a paciência, querendo avançar no pescoço dele mais sem poder, sabendo que se fizesse isso seria o seu fim__ eu vou matar você.
ㅤㅤㅤㅤ__Isso seria interessante__ ele riu__ agora se me da licença... Eu tenho uns assuntos pra resolver... Aproveite a vista meu amigo, porque não vai durar muito tempo.
ㅤㅤㅤㅤEntão ele deu as costas a Joe e foi embora... Sumindo no meio das árvores.
ㅤㅤㅤㅤJoe largou a faca no chão, dando chutes e socos em tudo que encontrava pela frente, querendo matar alguém... Ou melhor, querendo matar aquele desgraçado. Ele prometera a Demi que não a abandonaria, que não deixaria aquele maldito a machucar nunca mais... Porém talvez ele não estivesse mais ali pra cumprir a promessa.
ㅤㅤㅤㅤ__Desgraçado__ ele resmungou deixando seu corpo cair no chão, passando as mãos pelo cabelo em sinal de seu completo desespero__ eu vou matar você... Eu vou matar você.
ㅤㅤㅤㅤDemi estava agora sentada em um banco no parque, olhando fixamente pra rosa vermelha que Joe lhe dera no sonho e que de algum jeito que ela não entendia estava ali, no mundo real com ela. Era tão injusto... Se a rosa podia vir com ela, porque ele também não podia?
ㅤㅤㅤㅤ__Ah Joe, eu não sei o que devo fazer__ ela sussurrou__ só sei que agora não posso mais deixar você. Não importa se me acharem louca... Você é real pra mim, de um jeito estranho mais é.
ㅤㅤㅤㅤ__Falando sozinha?__ Demi se sobressaltou ao ouvir a voz bem perto de seu ouvido.
ㅤㅤㅤㅤ__Oh James__ ela pos a mão no coração__ que susto.
ㅤㅤㅤㅤ__Desculpa__ ele riu__ eu não queria te assustar... O que faz por aqui tão cedo?
ㅤㅤㅤㅤ__Só dando uma volta, pegando um ar fresco__ deu de ombros.
ㅤㅤㅤㅤ__Rosa bonita__ ele comentou__ quem te deu? Algum pretendente?
ㅤㅤㅤㅤ__Não__ ela sorriu de lado__ foi um amigo... Um grande amigo. Só pra me lembrar que não importa o quanto estamos longe, ele vai sempre me proteger.
ㅤㅤㅤㅤDemi sorriu sozinha ao ouvir as próprias palavras... Sim, ele estaria sempre ali, não importava que era só quando ela fechava os olhos, era o bastante por enquanto.

2 comentários:

  1. ������continua ❤️❤️pft

    ResponderExcluir
  2. Cara que perfeito
    Posta logo!!!

    ResponderExcluir

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré