Translate

Anjo da Noite 3 - A Origem - Capitulo 11


Capítulo 11 – A Festa


Eram sete e meia da noite... A festa começaria daqui uma hora. Mellany havia conseguido que eu e Joe fossemos a festa também, ela não estava muito feliz, mais eram ossos do oficio. Eu parei na frente do espelho pra ver se estava tudo ok. Estava usando um vestido de alça preto bem curto, uma sapatilha... Os cabelos soltos e uma boina. Mellany estava com uma saia preta, uma blusa amarela, uma sapatilha... Linda como a mãe, só faltava o sorriso.

_Mellany desmancha essa cara, você ta linda.
_Mais eu não quero ir a essa festa... É ridículo.
_Porque tanto estresse? Porque nós vamos também ou... Por causa do Ryan?
_É melhor a senhora ir ver se o papai já ta pronto_ ela disse séria.
_Tudo bem. 

Eu fui até o meu quarto, onde o Joe tinha ficado se arrumando... Ele estava parado na frente do espelho se arrumando, incrivelmente lindo usando um jeans escuro, all star e uma blusa verde sem mangas, com alguns botões abertos... Eu quase desisti da festa. 

_Nossa... Você ta lindo.
_Obrigada_ ele sorriu_ Você também ta linda.
_Não sei se vou agüentar isso_ fiz bico.
_O que?
_Um bando de humanas dando em cima de você. 

Ele riu da minha expressão e me abraçou, dando um beijo no meu pescoço.

_Eu só tenho olhos pra você.
_Isso não muda o fato de que todas elas tem olhos pra você. 
_A culpa não é minha se eu nasci assim tão lindo.
_Besta_ dei um tapa no braço dele.
Ele segurou meu rosto muito delicadamente e me beijou... Eu por acaso já disse que estava muito tentada a esquecer dessa festa? Tudo parecia muito bem até que de repente eu senti meu corpo todo ficar mole e tudo em volta desaparecer... Mais uma das minhas visões.

Marcus entrou no quarto, uma linda garotinha estava sentada na cama... Os olhos brilhavam, eu conhecia aquele olhar... O da sede. Ele se aproximou dela inocentemente...

_Bom dia princesa... Dormiu bem?

A menina não respondeu... Avançou pra cima de Marcus e mordeu seu pescoço, ele gritou sentindo dor mais conseguiu tirar a menina de cima dele... Ela saiu correndo do quarto e Marcus ficou caído no chão... Agonizando. 


Quando voltei a mim, não estava mais em pé, estava deitada na cama, no colo de Joe... Ele me observava aflito. 

_Amor ta tudo bem?_ perguntou preocupado.
_Demi?_ Selena chamou também aflita.
_O que houve com a tia Demi?_ Ramon perguntou.
_Amor fala comigo.
_Eu... Tive uma visão. 
_O que você viu?_ Selena quis saber.

Eu não sabia muito bem o que foi... Parecia outra visão do meu passado... Mais desde quando eu tinha visões assim? Tapei o rosto com as mãos e Joe me abraçou apertado.

_Filha fala pra gente o que houve_ minha mãe pediu. 
_Eu vi mãe.
_Viu o que?
_O dia que vocês foram transformados... O dia que mordi o Marcus... Eu vi. 
_Mais como assim? Você não devia ver só o futuro?
_Eu também não entendo mais... Não é a primeira vez que isso acontece. 
_Você ta bem?_ Joe perguntou ignorando a cara de espanto de todos.

A ele não interessava o que eu tinha visto, só interessava se eu estava bem... Eu o abracei de novo, aquilo sempre me acalmava. 

_Eu to bem_ garanti_ já passou.
_Tem certeza?
_Tenho... Agora é melhor irmos ou vamos perder a festa.
_Talvez seja melhor você ficar em casa e...
_Não... Ta tudo bem... Sério.
Eu me levantei e me ajeitei na frente do espelho... Eu tinha que manter o foco... Tinha um trabalho a fazer. 

_Vamos logo... Ou vamos nos atrasar pra essa festa. 
_É... Vamos. 

Era por isso que eu amava tanto ele... Ele sabia bem que quando eu quisesse conversar seria o primeiro que eu procuraria e eu sabia que ele estaria lá pra me ouvir... Mais agora não era a hora disso. 

_Nós vamos a pé?_ Mellany perguntou.
_Eu não vou me transformar_ Joe disse_ Vai me desarrumar todo. 
_Nós vamos no meu carro... Temos que passar pra pegar Nicolle e o Charlie_ eu falei.
_Carro?
_Eu nunca te disse filha? Eu tenho uma Ferrari_ sorri.
_Esse carro não tava destruído?_ Kevin lembrou.
_Eu comprei outro.
_Ah. 

Bom... Nós passamos na casa do Jack e levamos os filhos dele até a festa, eles sabiam a verdade sobre nós, Jack foi obrigado a lhes contar. Eles até que estavam levando numa boa. Quando chegamos na porta da casa da tal Nathalia, Ryan e as amigas da Mell já nos esperavam. 

_Oi gente.
_Você ta linda Mell_ Ryan elogiou. 
_Obrigada_ ela disse envergonhada. 
_Obrigada por terem convidado agente_ Joe disse pra Kat educadamente.
_Que isso... Foi um prazer. 

É... Dava pra perceber que era realmente um prazer. Nem tínhamos entrados na festa e já ele já tava sendo comido com os olhos... Que sorte a minha. Pelo visto essa festa seria muito divertida.

_Vamos entrar?
_Vamos. 

Nós entregamos os convites e entramos. O lugar estava cheio... Todos dançando, bebendo em volta da piscina. Eu devia ter ficado em casa vendo televisão. 

_Vamos sorria querida_ Joe sussurrou em meu ouvido_ vai ser divertido. 
_É... Vai sim_ eu disse tentando convencer a mim mesma.
_Vamos Demi... Você pode fazer melhor que isso.

Ele me abraçou e me beijou... Isso realmente ajudava a me animar... E a noite seria longa.
Narrado pela Mellany

Eu, Ryan, Kat e Vic estávamos juntos conversando... Quando a vaca se aproximou pra nos atormentar. 

_Oi Ryan_ ela sorriu pra ele até me ver_ O que você faz aqui? Eu não te convidei.
_Eu convidei ela_ Ryan falou_ você disse que podíamos trazer um acompanhante.
_Mais eu não sabia que convidaria essa... Ela.
_Bom... Pois convidei. 
_AH Nathalia... Festa legal_ eu sorri cinicamente.

Ela me olhou como quem não acreditava naquilo... Eu já disse que amo minha vida? Não? Pois é... Então nós quatro deixamos ela lá com cara de taxo. 

_Você viu a cara que a vaca fez?_ Kat riu.
_Impagável_ Vic disse_ Por isso que eu te amo Ryan. 
_Ta né_ ele fez careta.
_Gente assim vocês assustam o garoto. 

Nós ficamos ali conversando e rindo até que apareceu um garoto... O capitão do time de basquete, um dos caras mais disputados da escola... Ele nem é tão bonito assim. 

_Oi pessoal_ ele nos comprimentou.
_Oi.
_Érr... Eu tava vendo você de longe, como é mesmo seu nome?
_Ketlyn... Pode chamar de Kat_ ela quase se derreteu. 
_Então Kat... Será que agente pode conversar um pouco?_ ele sorriu maliciosamente.
_Claro... Agente se fala depois pessoal.
Ela segurou na mão dele e saiu sorridente sussurrando um... “É hoje que eu desencalho”. Eu tive que rir. Pouco depois foi a vez da Vic de desaparecer com um garoto, ficando só eu e o Ryan. Eu olhei pro lado uns cinco minutos depois e vi a Kat aos beijos com o fulaninho lá... Eles tavam quase se engolindo mais isso não vem ao caso. 

_Pelo menos alguém esta se divertindo_ eu brinquei.
_Você quer dançar?_ ele perguntou ignorando minha pergunta. 
_O que?
_Dançar comigo_ ele estendeu a mão_ Aceita? 
_Eu não sei dançar_ respondi envergonhada.
_Tudo bem... Eu também não_ ele cochichou e nós rimos.

Bom... Não custava nada tentar né? Eu segurei a mão dele e começamos a dançar uma música lenta... Eu devo confessar que gostei daquilo... Senti meu coração se acelerar quando ele me abraçou... O que estava havendo comigo? 

Narrado pelo Joe

Enquanto eu e Demi ficávamos de olho em Charlie e Nicolle, resolvemos dançar... Ela escorou sua cabeça em meu peito e fechou os olhos... Não precisava de nenhum esforço pra fazer aquilo, ela dançava perfeitamente bem, na verdade ela fazia tudo perfeitamente bem. 

_Você também é perfeito em tudo_ ela sussurrou de repente.
_Você ta lendo a minha mente de novo?_ eu ergui a sobrancelha.
_Desculpe... Estou vigiando tudo e todos... Foi sem querer. 
_Tudo bem... Acho que já me acostumei a isso. 
_Jura? Pois eu não. 

Nós dois rimos juntos e eu levantei seu rosto delicadamente pra lhe dar um beijo... Tudo estava bem até que ela ficou séria de repente.

_O que foi?_ perguntei_ Não vai ter outra visão agora né?
_Não... Ele ta aqui.
_Ele quem?
_Um dos capangas do cara pra quem o Jack ta devendo... Ele ta de olho na Nicolle. 
_Você quer que eu va atrás dele?
_Não... Fica aqui de olho no Charlie eu vou tentar tirar ele daqui.
_Ta... Cuidado.
_Não se preocupe.
Ela me deu um selinho e então muito discretamente desapareceu. Ótimo, agora e teria que ficar sozinho naquela festa idiota. Ser um lobisomem do bem da muito trabalho. Só que diferente do que eu pensava minha solidão durou pouco... Uma garota morena se aproximou com um sorriso cheio de segundas intenções... Ia começar. 

_Oi... Eu sou Nathalia... A dona da festa.
_Joe_ sorri educadamente_ Festa legal. 
_Obrigada... Então Joe, você é daqui? Nunca te vi.
_Eu sou um amigo da Mellany.
_Não sabia que aquela coisinha tinha tão bons amigos. 
_O nome dela é Mellany_ eu disse irritado, só o que faltava, essa oferecida querer falar mal da minha filha na minha frente. 
_Desculpa... Mais... Aceita uma bebida?
Porque não né? Só bebendo mesmo pra aturar isso aqui.
_Claro. 

Ela chamou o garçom e pegou uma garrafa de cerveja pra ela e uma pra mim. O jeito era ir levando até isso aqui acabar.

Narrado pela Demi

Eu sai da festa escondido sem que ninguém notasse e dei a volta na casa. Tinha um cara vestido todo de preto com pinta de durão espionando a casa pela porta dos fundos... Esse filho de uma... Ia se ver comigo. 

_Oi_ disse inocentemente.
_Hei... O que você faz aqui?_ ele pareceu se assustar com a minha presença, ainda mais quando me olhou nos olhos.
_Eu posso te fazer a mesma pergunta. 
_Eu sou segurança da festa.
_Isso ai é mentira_ eu sorri.

Ele me olhou de cara feia... Estava tentando decidir se ia ou não me matar... Pobre humano. 

_Olha aqui garota... Ou você some da minha frente ou vai se arrepender. E se contar a alguém que me viu... Eu te mato. 
_Eu tenho uma ideia melhor. Você vai entrar no seu carro... Vai dirigir o mais rápido que puder e não vai parar nunca... Só quando seu carro bater em alguma coisa.
_Porque eu faria isso?
_Porque eu estou mandando. 

O homem pareceu se desligar do planeta... E então saiu dali, entrou no carro e começou a dirigir pra longe... Foi mais fácil do que eu pensava... Era por essa e outras que eu gostava dos meus poderes.


2 comentários:

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré