Translate

Perfectly - Capitulo 29 - 1° DA MARATONA



Capítulo 29 De Volta a Realidade



Algumas horas depois Joe estacionava a Ferrari na garagem de Demi.

_É... Enfim em casa_ Joe suspirou.
_É... De volta a realidade.
_Bom eu... Vou em casa. Agente se fala depois?
_Claro... Eu vou estar bem ali do lado_ sorriu.
_Até mais tarde então_ ele se debruçou e deu um beijo nela.
_Até.

Então saiu do carro e foi pra casa... Demi continuou sentada ali mais um tempo, pensando na vida. Então criou coragem e saiu do carro... Quando entrou em casa sua mãe sorriu pra ela largamente e a abraçou apertado.

_Oh querida... Que saudade_ ela disse.
_A senhora ta bem? Ta mesmo dizendo que sentiu saudade de mim?_ ergueu a sobrancelha.
_Claro querida... Você é minha filha. E ta tão linda vestida assim_ sorriu.
_Claro que tinha haver com minha roupa né?_ revirou os olhos.
_Não seja chata... Anda me da um braço.

Ela puxou a filha e a abraçou de novo. Fazia muito tempo que Demi não sabia o que era isso... Ganhar um abraço de sua mãe. Ela gostou da sensação... Seu pai não estava em casa como sempre, devia estar ocupado demais com seu trabalho. Então depois de um longo interrogatório da mãe Demi foi pra seu quarto descansar... Ao passar pelo quarto de Dall viu ela jogada na cama já nó décimo sono e sorriu sozinha... Era bom estar em casa.
Na casa da Selena...

_Que roupas são essas?_ A mãe de Selena perguntou, ainda não tinha visto o novo visual da filha.
_Não gostou?_ Selena desfez seu sorriso.
_Você ta muito bonita filha... Mais esta diferente. Não parece você.
_Mais você esta linda filha_ seu pai comentou.
_Obrigada.
_Espero que tenha aproveitado bastante às férias.
_Vocês nem imaginam.

Ela contou aos pais um pouco sobre a viagem e depois subiu pro quarto, tomou um banho e foi descansar... Estava incrivelmente exausta... Antes de apagar se pegou pensando no beijo que Nick lhe der, mais espantou rapidamente os pensamentos quando lembrou de Miley... Ela não podia se dar ao luxo de se apaixonar por ele... Ele pertencia a sua amiga, ele era da Miley. E assim adormeceu... Confusa, com os pensamentos incoerentes... Porque tinha que ter sido daquele jeito? Porque tinha que ser logo ele?

Na casa da Demi...

Demi foi desfazer as suas malas... Abriu ela em cima da cama e depois foi até seu guarda roupa, quand abriu a porta viu suas antigas roupas penduradas ali, do jeito que ela havia deixado. Sentiu uma enorme saudade de usar aqueles jeans surrados e suas blusas folgadas... Pegou uma das roupas e pos a sua frente, se encarando no espelho com um sorriso no rosto...
_Relembrando os velhos tempos?_ Dall perguntou parada na porta.
_Sinto falta disso_ confessou.
_Você não esta pensando em...
_E se eu estivesse?_ interrompeu a irmã.
_Não sei... Me responde você.
Ela ficou pensativa na frente do espelho... Imaginando o que Joe pensaria se ela voltasse a ser a esquisitona. Se ele realmente a amasse como diz não se importaria... Mais a duvida permaneceu mesmo assim.

_Você também não sabe responder né?_ Dall deu um leve sorriso.
_Acho que preciso dormir_ desconversou.
_Claro que sim. Boa noite maninha.
_Boa noite Dall e... Boa sorte pra contar a mamãe sobre a gravidez_ disse rindo.
_Você tinha que lembrar né?

Fez careta e saiu do quarto irritada... A casa cairia nesse dia, já podia ver o escândalo o.O

Demi terminou de arrumar suas coisa e quando percebeu já era noite... Comeu a primeira coisa que achou na geladeira e trocou de roupa... Pondo um short soltinho e uma regata, estava calor era melhor assim pra dormir. Quando se aproximou pra fechar a porta da sacada viu o garoto do outro lado a observando.

_Você ta me espionando é?_ se aproximou da sacada, ficando cara a cara com o garoto.
_Queria te dar boa noite.
_Boa noite_ sorriu.
_Só isso que vai dizer?_ ele fez bico.
_Ve se assim esta melhor...

Ela o agarrou pela nuca e o beijou intensamente... A única coisa que os separava era a mureta da sacada, Joe se preparou pra pular pro outro lado mais a menina o interrompeu.

_Nem pense nisso_ falou.
_Que foi?
_Estou morta de cansada e preciso dormir.
_Mais...
_Sem mais Joe.
_Você vai me deixar na mão?_ fez cara de cachorrinho sem dono.
_Vou... Literalmente.

Ela riu e beijou o de novo, dessa vez de uma maneira mais sexy, atiçando mais o garoto... Ele começava a ficar empolgado com aquele simples beijo quando a menina o afastou com um sorriso de deboche no rosto.

_Boa noite amor_ disse sorridente.
_Você é muito má.
_Você nem faz ideia.
Deu mais um selinho nele e entrou no quarto, encostando a porta atrás de si. O garoto bufou e revirou os olhos inconformado, mais então deixou pra lá e foi dormir também.

Demi se revirou na cama, sentindo frio... Esticou a mão procurando pelo lençol mais não achou. Sentiu um peso sobre corpo e quando abriu os olhos quase enfartou como o susto.

_Pirou garoto? Quer me matar do coração?_ reclamou assustada.
_Eu não queria te assustar_ ele riu baixinho.
_Ótimo trabalho_ disse irônica_ O que você ta fazendo aqui?
_Eu tava sem sono... Não consigo dormir.
_Ai veio aqui atrapalhar meu sono?_ perguntou irritada.
_Achei que talvez... Você pudesse me ajudar a dormir_ sorriu maliciosamente.

Ele começou a beijar delicadamente o pescoço da menina, que revirou os olhos achando aquilo extremamente apelativo. Mais estava realmente cansada... Então pos a mão no peito dele e o afastou um pouco.

_Joe... Eu to morta de cansaço... Preciso dormir.
_Eu te ajudo.

Ele pos as mãos na cintura dela e foi subindo devagar, levantando sua blusa...

_Não_ segurou a mão dele e reclamou_ ta frio.
_Não tem que se preocupar, eu te esquento_ pressionou mais seu corpo contra o dela.
_Alguém pode entrar_ ela protestou.
_Quem entraria no seu quarto em plena meia noite?_ ele questionou.
Ela o fitou seriamente.
_Tirando eu é claro_ riu.
_Se a minha mãe ou meu pai te pegam aqui estamos fritos.
_E daí? Tudo que é proibido é mais gostoso.
Ele segurou a ponta do short dela e começou a arriá-lo, a garota pensou em protestar mais sabia que não ia adiantar, então deixou que ele o fizesse, abaixando ele até o pé e empurrando com cuidado. Ele pos sua mão na cintura dela de novo e pressionou mais seu corpo ao dela, enquanto beijava seu pescoço. A garota prendeu suas mãos no cabelo dele, aprofundando cada vez mais o beijo, ele sorriu satisfeito por ela ter se rendido aos seus encantos e se separou um pouco dela pra tirar a própria blusa.

_Eu devia te expulsar daqui_ ela sussurrou contrariada.
_Devia mais não vai.
_Hoje não_ sorriu_ mais da próxima vez tenho de me lembrar de trancar a porta da sacada. Nunca se sabe quem vai entrar não é mesmo?

Ele apenas riu do comentário dela e voltou a beijá-la. Foi subindo a mão devagar, levando a blusa dela junto e a fazendo se arrepiar com seu toque suave. Distribui beijos por todo o corpo dela, sempre sorrindo e pensando como aquilo parecia surreal. Cada toque era mais que perfeito, uma sensação incrível e inexplicável que nenhum dos dois jamais pensou sentir. Eles simplesmente se encaixavam e se completavam como se tivessem sido feitos um pro outro... Nem mais e nem menos. Demi fazia um enorme esforço pra não gemer alto, se alguém os ouvisse ali estariam completamente ferrados, mais era difícil pensar nisso enquanto ele a possuía tão delicada e apaixonadamente.

No dia seguinte...

Quando Demi abriu os olhos já estava claro, a luz bateu em seus a cegando, ela tentou virar o rosto e então se lembrou que não estava sozinha... Joe ainda dormia ao seu lado, abraçado a ela. Ela sorriu sozinha, se lembrando do que ocorrera na noite passada. Mais sua alegria sumiu na hora que viu a maçaneta da porta girar... Sorte que estava trancada.

_Demi?_ sua mãe gritou do outro lado.
_Ai Meu Deus... Joe acorda_ o empurrou e ele no susto caiu no chão.
_Que foi?_ perguntou assustado.
_Você tem que ir... Minha mãe ta ali fora_ sussurrou apressada.
_Merda_ arregalou os olhos.
_Demi abre a porta_ Daiana insistiu.
_Já vai_ gritou e se virou pro Joe_ anda logo.

Ele levantou e vestiu a calça rapidamente, tropeçando nos próprios pés. Demi também vestiu seu pijama de qualquer jeito.

_Vai logo_ foi andando na direção da porta.
_Até mais_ ele lhe roubou um selinho e pulou pra seu quarto, quase caindo.

Demi respirou fundo, ajeitando a roupa e os cabelos e então abriu a porta, pondo no rosto seu melhor sorriso. Então abriu a porta.

_Bom dia mãe.
_Porque demorou tanto pra abrir?_ perguntou desconfiada.
_Eu... Tava no banheiro_ deu um sorriso nervoso.
_Sei... Érr, eu vou chegar mais tarde em casa hoje... Eu quero que você e sua irmã se comportem ok?
_Mãe, nós não somos mais crianças_ revirou os olhos.
_Eu sei... É isso que me preocupa.
_Só a senhora mesmo.
_Bom... Até mais tarde então querida.
_Até.

Daiana saiu e Demi voltou pra cama, respirou fundo e então começou a rir de si mesma... Estava ficando totalmente louca. Louca de amor. Depois de alguns minutos assim, se levantou e trocou de roupa, desceu pra tomar café e encontrou sua irmã sentada... A cabeça baixa escorada na mesa... Parecia doente.
_Dall... Ta tudo bem com você?_ perguntou preocupada.
_Não_ ela gemeu_ me sinto péssima.
_O que você tem?
_Estou enjoada.
_Ah Dall... Isso ai é resultado da gravidez... Ninguém mandou esquecer a camisinha_ zombou.

Dall a olhou de cara feia e nessa hora ela se lembrou da noite que teve... Ela e Joe não usaram caminha.

_Ai merda_ falou com os olhos arregalados.
_Que é? Não faz essa cara, a doente aqui sou eu_ Dall lembrou.

Ela não respondeu, ficou se imaginando no lugar de Dall... Er jovem demais pra engravidar assim.

_Demi? Que cara é essa mulher?
_Eu...
_Demi?
_Agente nã usou camisinha_ deixou escapar.
_Do que você...

A Dall parou de falar na hora... Entendo o que a irmã queria dizer.

_Demi não estressa_ ela riu_ foi só uma vez.
_Foi o suficiente pra você engravidar.
_Não foi a primeira vez que eu e Kevin esquecemos desse detalhe. Na verdade eu não tava me preocupando muito com isso.
_Não estava?_ perguntou indignada.
-Olha Demi... Se você engravidar vai ser muita falta de sorte_ ela riu.
_Não tem graça Dall.
_Não foi piada.

Demi fuzilou a irmã com o olhar e então saiu da cozinha... Voltando ao seu quarto.

4 comentários:

  1. Ai meu Deus. Perfeito.! Posta mais pllz
    Omg sera q ela vai ficar gravida ? E sera q o joe vai gostar se ela voltar a usar as antigas roupas ! ,:O:O:O

    ResponderExcluir

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré