Translate

Anjo da Noite 2 - O Fim - Capitulo 25

Capítulo 25 – Inesperado


Eu e Joe fomos até a casa secreta, queria abrir aquele envelope com ele. Pedi aos outros que nos deixassem um pouco sozinhos, eu precisaria de paz pra fazer aquilo. 

_Ta pronta?
_Não.
_Quer que eu abra?
_Não.
_Então abre.
_Não sei.
_Demi...
_Ta bom, ta bom. 

Eu abri o envelope mesmo que contra vontade, eu tava morrendo de medo do que veria ali dentro. Tirei de dentro um pequeno caderno, era um...

_É um diario_ falei sem acreditar.
_De quem?_ perguntou curioso.
_Do meu pai... Quer dizer... Do Marcus, essa é a letra do Marcus. 
_E o que ta escrito?

Eu folheei o caderno rapidamente, ali estava escrito a vida dele, contando como ele me encontrou, como eu o transformei, como ele conheceu a Trish e o caso que teve com ela. Eu no li tudo mais fiquei chocada com o pedaço que vi.

_Ele ta contando a vida dele. Como me encontrou e... Da Trish.
_Ai num fala da onde você veio? Ele realmente não sabe quem são seus pais?
_Acho que não. Eu não sei se eu quero mais ver isso_ falei.
_Você disse que queria saber a verdade... A verdade esta ai. 
_Mais agora eu to com medo. 
_Eu to aqui com você_ sorriu.
_Obrigada.
Eu comecei a ler da primeira pagina, onde ele contava como tudo começou, a mesma historia que contou ao Joe só que mais detalhada. Senti as lagrimas escorrendo conforme eu lia como ele se sentia, como ele pode esconder isso de mim tanto tempo? Parei um pouco pra respirar e o Joe me olhou com um ar curioso no rosto. 

_Que foi?
_Será que ai fala de onde a Taylor veio?
_Como é?
_Bom, agente sabe que ele te encontrou na selva e que você o transformou. Mais de onde a Taylor veio? Ela tem que ter saído de algum lugar. 
_É verdade.

Agora que ele tinha falado que me liguei nisso. Comecei a passar as paginas rapidamente até que vi o nome da Taylor escrito pela primeira no diario, eu não acreditei naquilo que estava vendo.
Narrado pelo Joe

Conforme ela lia o diario seu rosto parecia ficar mais branco, eu comecei a me preocupar com isso.

_Demi... O que ta escrito ai? 
_Eu...
_Ele conta de onde a Taylor veio?
_Sim_ sussurrou. 
_E...
_Teve uma época que eu resolvi bancar a rebelde e fugi de casa, quer dizer, quis seguir com minha vida longe do meu pai. Fiquei mais ou menos um ano fora, foi quando encontrei a Selena e a trouxe comigo_ explicou.
_E?
_E ai que quando eu voltei eles já estavam com a Taylor, disseram que minha mãe engravidou quando eu estava fora e como a gravidez de um vampiro é rápida eu não desconfiei. Ela era um bebezinho e quando perguntei aos outros, que ainda não eram muitos, todos confirmaram a historia do meu pai. Inclusive o Paul. 
_Ta mais e ai?

Ela fez uma careta, deixando as lagrimas descerem mais.
_Demi...
_Aqui diz que uma amiga do meu pai engravidou, uma selvagem. Como ela não queria cuidar da criança, deu ao meu pai. Ele aceitou, tinha uma divida com ela, um segredo.
_E que é essa amiga?_ perguntei impaciente.
_É a Trish_ sussurrou.
_O que?_ falei sem acreditar, era piada né?
_A minha irmã é filha da Trish.
_Oh meu Deus.
_Isso não pode ser_ falou_ tem que ser mentira. 

Ela largou o diario na cama e começou a andar pra lá e pra cá pelo quarto com uma cara de desespero. O Marcus era mais louco e hipócrita do que eu pensava. 

_Demi você precisa se acalmar.
_Eu não quero me acalmar, que inferno. EU NÃO ACREDITO NISSO.
_Demi por favor...
_A Taylor Joe, filha daquela vadia. 
_Eu sei que e difícil de acreditar mais você precisa se acalmar.
Narrado pela Demi

Eu não acreditava que aquilo tava acontecendo comigo, eu queria morrer. De repente senti aquela sensação ruim de novo, de que tinha algo me rasgando, mais foi mais forte de que todas as outras vezes, eu me abaixei no chão sentindo uma dor insuportável. 

_Demi? Ta tudo bem?
_Não, ta doendo_ gritei.
_É aquilo de novo?
_É pior...

Ele me olhou com cara de desespero, eu podia sentir a coisa se mexer em mim. Sentir aquilo crescendo, era insuportável. Lembrei das palavras da Trish, quando ela disse que eu desejaria morrer. Era como eu me sentia agora, eu preferia morrer a ter que sentir aquilo.

_Demi fala comigo, o que você tem?
_Vai nascer... _falei com dificuldade.
_O que?_ ele arregalou os olhos.
_A criança ta nascendo. FAZ ALGUMA COISA. 
_Eu não sei...

Ele me olhou com cara de desespero, não sabia o que fazer... Oh, era só o que faltava pra acabar comigo de vez. 

_Liga pra alguém. Pede pra Sel vir pra cá agora. 
_Ta bem.
Ele pegou o telefone desesperado com os meus gritos, mais antes de terminar de discar a Selena entrou correndo em casa e arregalou os olhos ao ver meu estado. 

_Meu Deus o que ta havendo?
_Vai nascer_ gritei. 
_Mais ainda não passaram três meses, é muito rápido e...
_Faz alguma coisa_ reclamei. 

De repente todo o resto do povo entrou no quarto assustados com os meus gritos. Agora eles ficariam assistindo o meu sofrimento? Porque ninguém fazia nada? Porque não tiravam aquilo de mim? 

_O que agente faz?_ Dani perguntou. 
_Algum de vocês sabe fazer um parto? 
_Não_ disseram em coro.

Todos ficaram se olhando com cara de susto até que o Joe resolveu fazer alguma coisa e me pegou no colo, me tirando do chão e pondo na cama. Ele sentou ao meu lado segurando minha mão, tentando me confortar, mais aquilo era tão insuportável. 

_Amor respira fundo, vai ficar tudo bem.
_Me ajuda_ pedi.
_Calma, por favor. 
_Ta doendo.
Narrado pelo Joe

Pra minha sorte a mãe da Demi entrou no quarto nessa hora, talvez ela pudesse nos ajudar.

_Ah, eu estava procurando vocês, a Taylor sumiu e...
_Graças a Deus você apareceu Daiana_ falei
_O que foi? 
_A criança ta nascendo.
_Como é?_ olhou assustada.
_Mãe me ajuda_ Demi implorou.
_Tudo bem... Se acalme querida, eu vou te ajudar.
_O que vamos fazer... Ela ta...
_Eu preciso que vocês saiam_ ordenou. 
_Eu não vou sair, como assim?_ protestei.
_Não quero nenhum homem aqui, vocês só vão atrapalhar. Saiam agora. 
_Mas...
_Vamos Joe.
_NÃO_ Demi gritou_ Não vai, não tira ele de mim. 
_Calma amor_ Daiana tentou acalmá-la_ ta tudo bem. Tire ele daqui agora.
Liam segurou um dos meus braços e o Nick o outro, Kevin pos a mão em meu peito me empurrando enquanto os outros me arrastavam pra fora do quarto. Demi começou a se sacudir na cama, tentando se levantar, gritando meu nome, a Selena e a Miley a seguraram pelos braços pra que não levantasse.

_Anda_ Daiana os apressou.
_Joe, vamos_ Kevin pediu.
_Não, eu quero ficar com ela.
_Você só vai atrapalhar.
_POR FAVOR_ Demi gritou aos prantos.

Não agüentava vê-la daquele jeito, aquilo doía em mim. Não tive força suficiente pra lutar contra os três e então me empurraram pro lado de fora e fizeram uma barreira na frente da porta. 

_Vocês só podem ta brincando.
_Não. É melhor assim Joe. Porque você não senta e relaxa um pouco? Nade e...
_Nadar? Relaxar? COMO VOCÊ QUER QUE EU RELAXE IMBECIL?
_Isso vai ser complicado_ Nick sussurrou pro Kevin. 
_Quem disse que ia ser fácil?_ respondeu

3 comentários:

  1. Oh my god O.o
    Jesus, Maria, José.
    Heelp pra Demi, sério tadinha da Demi.
    Pooostaaaa loooogoooo

    ResponderExcluir
  2. mmkmkmkmkmkmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

    ResponderExcluir

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré