Translate

That Should Be Me - Capitulo 15 - 5º MARATONA

 

Capítulo 15

Eu e Joe passamos a tarde assistindo filme. Eu não era muito fã de filmes de terror mais sabia que o Joe adorava... Eu é claro morri de medo o filme todo, e cada vez que passava alguma cena muito assustadora eu me agarrava com força nele, escondendo o rosto pra mão ver. Joe parecia se divertir com isso, rindo dos meus gritos assustados e me abraçando apertado, dizendo que não havia o que temer... Quer dizer, eu sabia que era só um filme, mais... Eu tinha medo do mesmo jeito.
Depois que terminamos com o filme de horror fomos fazer pipoca e colocamos um filme de comédia. Os gritos deram lugar a risadas e eu fiquei feliz por ter voltado e desistido de ir ao cinema com Aden. Eu estava tentando superá-lo, mais acho que fugir não era a melhor opção, afinal ele era meu melhor amigo.
__Porque você fica me olhando desse jeito?__ eu perguntei quando percebi que ele me encarava. Estávamos sentados na cama dele abraçados, e enchendo a cara de pipoca... Mais agora ele não prestava a atenção na TV e sim em mim... Isso era estranho.
__De que jeito?__ ele perguntou como se não soubesse do que eu estava falando.
__Esse jeito que esta agora__ eu resmunguei revirando os olhos.
__Não sei do que esta falando__ ele desviou os olhos parecendo envergonhado__ estou te olhando como sempre te olho.
Eu pensei em discordar daquela afirmação dele, mais como ele parecia desconfortável com o assunto resolvi deixar pra lá... Ele estava estranho desde ontem, provavelmente a ressaca ainda não tinha passado completamente, eu não entendia desses problemas com bebida. Continuamos a assistir o filme em silencio quando alguém bateu na porta... Joe ia levantar pra abrir, mais não foi preciso, Aden apareceu, com um meio sorriso, entrando sem pedir licença.
__Aden, o que você ta fazendo aqui?__ eu perguntei me levantando da cama e indo até ele.
__Desculpe aparecer assim sem avisar, é que você esqueceu isso lá em casa__ ele ergueu a mão, mostrando o meu cordão de BFF que Joe me dera. Eu levei a mão ao pescoço automaticamente, me certificando que não estava lá, depois agarrei o objeto puxando da mão dele rapidamente... Eu não acreditava que quase tinha perdido isso.
__Nem acredito, obrigada Aden__ eu sorri colocando o cordão de volta no pescoço__ nem sei o que faria se tivesse perdido.
__Deve ter caído na hora que você tropeçou no gramado lá de casa__ ele disse fazendo uma careta engraçada__ achei ele no chão.
__Não precisava espalhar__ reclamei o fazendo rir.
__O que você esta fazendo aqui em?__ Joe se levantou da cama de repente e veio parar do meu lado, encarando Aden com raiva.
__Eu já disse, eu vim devolver o cordão da Dems__ ele explicou__ ela ficava mexendo nele o tempo todo, achei que era importante.
__Você não me engana__ Joe cuspiu as palavras__ sei o que esta querendo.
__Joe para com isso__ eu pedi o olhando zangada, não entedia qual era o problema dele com Aden.
__Olha aqui, eu gosto da Demi e...
__Gosta dela?__ Joe riu mais não parecia achar muita graça... Ele parecia totalmente irritado__ garotos como você não gostam de garotas como ela.
__Garotas como eu?__ eu o encarei incrédula__ como assim garotas como eu?
Ele me encarou, parecendo ter percebido que tinha dito uma besteira sem tamanho, mais era tarde... Garotas como eu... Eu sabia o que ele queria dizer com aquilo. Garotas feias e esquisitas, sem atrativos nenhum. Meus olhos arderam e eu fui tomada por uma raiva sem tamanho.
__Demi você não me entendeu__ ele tentou argumentar.
__Entendi muito bem__ afirmei.
Eu dei as costas aos dois e sai correndo do quarto... Eu não ia chorar, eu me recusava a chorar por causa dele, eu não merecia isso.
Joe Narrando

Eu fiquei chocado, não acreditava naquilo... Demi tinha me interpretado errado, de novo eu estraguei tudo. Eu resmunguei comigo mesmo, ignorei totalmente o idiota parado no meio do quarto, que por acaso era o motivo de tudo isso e corri até a sacada, pulando da minha pra dela. Quando ela entrou no quarto eu já estava lá esperando... Ela bufou de raiva quando me viu.
__Sai do meu quarto agora__ ela ordenou__ já falei pra parar com isso... De hoje em diante vou manter essa porta fechada.
__Demi me escuta por favor__ eu pedi__ você não me entendeu.
__Eu acho que entendi sim__ ela rebateu__ garotas como eu... O que você quis dizer com isso em? Garotas esquisitas? Ridículas?
Ela entendera tudo completamente errado. Ela não era nada daquilo, mais como eu ia fazer pra explicar? Os olhos dela estavam me desconcentrando. Impedindo-me de pensar com coerência.
__Não foi nada disso Demi__ eu me aproximei segurando as mãos dela, ela tentou se afastar mais eu não deixei__ eu quis dizer que garotos como ele não costumam se interessar por meninas como você... Diferentes, especiais, tímidas, super inteligentes.
__Eu não acredito em você__ ela sussurrou querendo chorar e aquilo estava me matando.
__É sério Demi, eu só... Estou acostumado a ser o único que enxerga beleza em você, a ser seu único amigo e você estar tão próxima dele, isso... Isso esta me matando__ confessei agoniado.
__Porque Joe?__ ela questionou sem conseguir me entender__ Aden é meu primo, meu amigo... Isso não muda nada entre agente.
__Eu sei, mais eu não suporto te ver com ele__ resmunguei chegando um pouco mais perto, completamente enlouquecido, deixando aquela agonia que me perturbava desde ontem tomar conta, eu não sabia o que esta fazendo.
__Porque Joe?__ ela perguntou de novo confusa, se inclinando pra trás conforme eu chegava mais pra frente.
__Porque você é muita melhor amiga__ eu respondi exasperado, o tom de voz mais alto e desesperado do que eu pretendia__ minha anjinha... Minha__ eu ergui minha mão pra tocar o rosto dela__ minha.
Os olhos castanhos dela me encararam assustados, mais eu também estava assustado comigo mesmo, com essa fúria, essa necessidade enlouquecedora de tê-la somente pra mim. Eu não queria sentir aquilo, mais também não podia controlar. Eu cheguei mais perto dela, sem tirar meus olhos seus, ela tentou se afastar, mais depois de um segundo parou, respirando com dificuldade... Ela ficava ainda mais linda quando estava assustada. E eu não resisti, eu tive que beijá-la, eu precisava fazer isso de novo. Então antes que tivesse tempo de pensar ou me arrepender eu encostei meus lábios nos dela, igualmente da primeira vez, num beijo calmo, delicado, inocente, mais que fez meu coração disparar no peito de uma forma que nenhuma outra vez aconteceu. Eu só conseguia pensar, ver, sentir ela... O meu problema era mesmo grave... Eu estava beijando a minha melhor amiga e estava gostando.
__Demi?__ nos afastamos assustados quando ouvimos a voz de Maria, a empregada de Demi chamando, ela apareceu de repente na porta do quarto e ficou olhando pra nós dois__ ta tudo bem com vocês?
__Esta__ respondemos ao mesmo tempo... Era mentira.
Ela nos encarou desconfiada, mais ignorou__ Demi, ligaram da escola da Mad, ela passou mal e querem que alguém vá buscá-la.
__Passou mal?__ Demi ficou nervosa__ o que ela tem?
__Deve ter comido algo que não fez bem, ela já esta melhor mais quer vir pra casa... Você vai buscá-la ou quer que eu vá?
__Eu vou__ ela disse depressa demais__ você esta ocupada, pode deixar que eu vou... Ela vai ficar melhor se eu for.
__Tudo bem então__ ela concordou e saiu do quarto.
Demi não olhou pra mim, ela simplesmente pegou as chaves na mesinha e começou a caminhar em direção a porta as pressas, quase tropeçando no caminho, mais eu não podia a deixar sair daquele jeito, não de novo.
__Demi espera__ eu segurei o braço dela, não com força, só o suficiente pra ela parar.
__Eu tenho que ir Joe__ ela disse olhando pro chão.
__Agente tem que conversar, por favor__ eu implorei.
__Agora não dá Joe, eu tenho que ir buscar a Mad__ ela sussurrou__ por favor.
Eu não tive outra escolha a não ser soltá-la... Até porque o que eu ia dizer a ela? Eu não sabia por que tinha feito aquilo, só que precisei desesperadamente fazer e isso não era uma explicação descente. Talvez fosse melhor deixar a conversa pra depois, quando eu voltasse ao normal, quando me sentisse menos louco... Quando eu pudesse explicar o que eu estava sentindo.
Ela saiu do quarto correndo e eu voltei pro meu, me jogando na cama e afundando o rosto no travesseiro... Será que eu tinha estragado tudo de novo? Se tem uma coisa que eu não suportaria era perder a amizade de Demi... A possibilidade me desesperou.

 


5 comentários:

  1. a demi tem ficar com o aden pq ele mostra os sentimentos dele por ela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cala essa boca, escrota. a fic é jemi e ela vai fica com o aden? acorda

      Excluir

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré