Translate

Te Amo - Capitulo 3



 Los Angeles


QUARTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO ─ 9 HORAS


Joe acordou com o som do despertador... Não se lembrava de ter programado ele, queria dormir até tarde, aproveitar suas férias. Tomou um rápido banho, vestiu uma calça jeans, uma camiseta verde e desceu as escadas indo até a cozinha. Encontrou Demi de camisola, pondo uma omelete no prato sobre o balcão.

_Bom dia_ a comprimentou.
_Bom dia preguiçoso... Seu café esta pronto.
_Você cozinha mesmo é?_ disse rindo_ Achei que era brincadeira.
_Espere até o almoço e depois me diga se eu sei cozinhar... Agora senta ai e come.
_Tudo bem madame.

Eles se sentaram e tomaram café em silencio... Um silencio um tanto que incomodo. Demi estava fazendo certa força, mais era estranho pra ela não estar mais sozinha.

_Olha, eu vou lá em cima me trocar e você lava a louça_ ela mandou.
_Como é? Eu por acaso tenho cara de empregada doméstica?_ ele perguntou.
_E eu tenho cara de cozinheira?_ falou irritada_ Divisão de tarefas querido, eu cozinho e você lava a louça.
_Isso é um abuso... Eu tenho que ir buscar uma coisa na casa da minha mãe.
_Pode ir... Mais quando voltar a louça vai estar ai te esperando, eu não vou lavar.
_Tudo bem... Demetria.
_Não me chame assim_ ela apontou o dedo na cara dele_ Eu odeio isso. Apelidos não me faltam, mais isso não.
_Você tem muitos apelidos é?_ ele sorriu.
_Muitos... Bonitinha, gatinha, linda, princesa, piranha, vagabunda, oferecida, imoral e por ai vai.
_Nossa_ ele arregalou os olhos_ Eu gostei do Bonitinha.
_Nem pense em me chamar assim.
_Não precisa estressar_ ele riu_ Eu também tenho muitos apelidos legais. Bonitinho, gato, gostoso, lindo, bebê, idiota, desgraçado, imbecil, galinha e etc.
_Eu tenho mais um pra você... Ridículo.
_Esse já esta na lista a muito tempo_ deu de ombros.
_Olha eu tenho mais o que fazer.

Ela deu as costas a ele e subiu pro quarto pra se trocar... Tomou um banho, fez uma escova no cabelo, pôs uma saia de pregas preta bem curta, uma blusa tomara que caia lilás e uma sapatilha preta. Se maquiou e então desceu pra se sentar na sala em frente a TV, esperando que algo acontecesse... Joe já havia saído e ela estava sozinha. Alguns minutos assistindo a programação horrível da TV e resolveu pegar o celular e ligar pra Selena.

_Oi amiga... O que foi?
_Será que agente pode ir se ver no shopping?... Preciso sair pra me divertir um pouco.
_Que foi? O carinha não ta te divertindo o bastante?_ perguntou rindo.
_Deixa de ser besta Selena... Nunca vai rolar nada entre nós dois... Ele é amigo do meu pai, nada haver.
_Vai dizer que você não achou ele bonito?
_Não... Eu não achei_ ela respondeu irritada.


Nessa hora a porta da sala abriu e Joe entrou... Ele estava sacudindo o cabelo molhado, segurando a camisa na mão. Seus olhos percorreram o peitoral musculoso dele que estava à mostra, quando se deu conta estava de boca aberta... Recompôs sua expressão e voltou a prestar atenção no telefone.

_Retiro o que disse_ ela sussurrou pra que apenas Selena ouvisse.
_Como é?
_Esquece... Você vai me encontrar lá ou não?
_Vou sim.
_Ok... Te vejo lá em vinte minutos.


Ela desligou o telefone e caminhou pela sala procurando as chaves de seu carro.

_Vai sair?_ Joe perguntou.
_Vou ao shopping com minha amiga.
_Quer uma carona?
_Carona? Você tem carro?
_Quase isso_ ele disse sorrindo.
_Olha eu...
_É rápido... Eu troco de roupa em dois minutos e te levo lá.
_Ta_ concordou_ O que aconteceu com você? 
_Um idiota de carro passou numa poça de água e espirrou água em mim_ deu de ombros.
_Que falta de sorte em bonitinho?
_Pois é bonitinha.

Ele riu e então subiu as escadas correndo... Dois minutos depois estava de volta com uma roupa diferente. Demi o acompanhou até o lado de fora e sorriu ao ver uma moto estacionada na calçada.

_É sua?_ perguntou.
_É melhor que um carro. Bem mais rápido.
_Foi isso que você foi buscar na sua mãe?
_É... Achei melhor tirar de lá antes que ela se enfurecesse mais comigo e vendesse ela pra um idiota qualquer. É bem a cara dela.
_Sua mãe é uma pessoa vingativa?
_Mais ou menos... Acho que o problema dela é comigo.
_Porque vocês brigaram?

Ele a encarou em silencio... Não era uma coisa que ele gostaria de dividir com uma estranha... Era um tanto pessoal.

_É uma longa história.
_Tudo bem_ ela concordou, entendo que ele não queria falar.
_Então vamos né, não quer deixar sua amiga esperando.
_Claro.

Ele entregou um dos capacetes a ela e montou na moto.

_Eu não vou por isso... Vai estragar totalmente meu penteado.
_É melhor por se não quizer morrer_ ele avisou_ Antes estragar só o penteado do que seu rostinho todo.
_Você é muito pessimista.

Ela pos o capacete mesmo contrariada e sentou na moto atrás dele... Segurou a camiseta de leve pra ter equilíbrio mais quando ele avançou com a moto envolveu sua cintura com os braços pra não cair. Ele sorriu sozinho enquanto sentia a menina o apertar com mais força.

1 comentários:

  1. Estou divulgando um blog de criticas de fanfics.
    Foi criado um blog de criticas de fanfics. Faz também betagem de capítulos e dá ideias para novas fanfics.
    Se quiser participar o link é este:
    http://criticasdefanfics.blogspot.pt/

    Beijos.

    ResponderExcluir

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré