Translate

Anjo da Noite - Capitulo 7




Capítulo 7 – Disfarces


A noite chegou rapidamente, nós nos preparamos e fomos até o ponto de encontro. Não demorou muito até que os lobisomens chegassem.

_Chegaram bem na hora_ meu pai disse.
_Nós cachorros somos pontuais_ Paul disse e sorriu.
_Claro que sim_ meu pai sorriu também.
_Onde está o cara?_ Kevin perguntou.
_Já deve estar chegando, sabe como é... Humanos são muito lerdos_ o Nick brincou.

Ele estava parado me olhando, sem conseguir enxergar nada por causa da capa que eu estava usando. Sempre curioso, eu pensei comigo mesma. Ele estava usando uma calça jeans clara, rasgada no joelho, tênis all star, uma blusa branca de botões com um casaco preto por cima, que ele usava aberto deixando seu peitoral musculoso amostra. Eu abaixei o capuz, mas não tirei a capa.

_Gostei da roupa_ Nick falou.
_Pois é... Eu sei o que é ter estilo_ o Kevin riu_ a sua também não é nada mal.
_Não é muito o meu estilo, mas até que ficou bom_ ele riu junto.

Era estranho vê-los rindo juntos como se fossem amigos, mas até que era melhor que aquele clima de tensão o tempo inteiro, me fez relaxar mais, claro... Sem respirar, eu não ia arriscar. Então o Gordon Walker chegou.

_Desculpem a demora_ ele pediu.
_Tudo bem, vamos acabar logo com isso_ Meu pai disse_ Paul, você vem comigo, nós vamos entrar e distrair todos que estiverem lá dentro.
_Ok_ ele concordou_ Nick e Kevin vocês vão pelos fundos. E vocês dois distraiam os três que sobraram ok?
_Tudo bem_ nós concordamos.
_Vamos começar então. Fiquem de olho nele_ meu pai ordenou.
Cada um foi pra um lado e nós iniciamos a missão Gordon Walker.
Narrado pela autora

Paul e Marcus se dirigiram até a frente do galpão, haviam dois homens parados lá, conversando.

_Olá_ Paul disse sorrindo.
_Quem são vocês?_ um deles perguntou.
_Oi, meu nome é Paul, e esse é meu cunhado Marcus_ ele apontou.
_O que vocês querem aqui?_ o segundo perguntou.
_Comprar bebidas, vocês vendem bebidas aqui não é? Pelo menos é o que diz na placa_ Paul respondeu.
_E vocês vieram até aqui só pra isso?
_Aqui vende mais barato. Então, tem bebida pra vender ou não tem?_ Marcus insistiu.
_Posso saber por que vocês querem...
_Uma festa_ Paul o interrompeu_ vinte e cinco anos do meu filho, tem que ser comemorado.
_Claro que sim, venham comigo_ ele chamou.
_Perai, nós vamos deixar o posto?_ o primeiro cara perguntou.
_Os outros vigiam, ninguém vai entrar aqui nesse fim de mundo mesmo.
_Então ta.

Então os quatro entraram no galpão, deixando a entrada livre. Em seguida vieram Nick e Kevin, os dois entraram pelos fundos sem que ninguém visse.

_Pronto?_ Nick perguntou.
_Pronto_ o Kevin concordou sorrindo.

O Nick colocou a mão sobre o ombro dele e os dois andaram abraçados como se fossem velhos amigos. Haviam dois caras sentados conversando.

_Oi gente_ o Kevin chamou.
_Que vocês pirralhos tão fazendo aqui?
_Agente queria uma informação_ o Nick pediu.
_Informação?
_Nós estávamos andando pela cidade, mas agente não conhece muito bem aqui então meio que nos perdemos.
_Põe perdidos nisso, onde vocês estavam indo?
_Ah, eu queria levar o meu amigo aqui pra curtir a noite sabe? Arrumar umas gatas. Tem algum lugar pra nos recomendar?_O Kevin perguntou.

E assim eles ficaram lá, distraindo os dois patetas. Do outro lado, a Demi e o Joe se preparavam pra entrar em ação.
Narrado pelo Joe

Depois que todos eles se foram era a nossa vez de entrar em ação.

_Você não vai tirar essa capa?_ eu perguntei impaciente.
_Está te incomodando é?_ ela perguntou sorrindo.
_Está sim_ eu respondi também sorrindo.
_Vocês dois podem andar logo com isso?_ Gordon perguntou.

Ela deu uma olhada feia pra ele e então tirou a capa. Ela estava usando um short jeans curto e escuro, um all star igual ao meu, uma regata branca com um leve decote em V e uma blusa de manga cumprida xadrez por cima.

_Então? Pareço uma garota comum?_ ela perguntou.
_Não_ eu respondi_ você nunca vai conseguir ser comum...
_Você é mil vezes mais linda que uma garota comum_ Gordon me interrompeu, arrancando as palavras da minha boca.
_Cala boca palhaço, eu não sou pro teu bico não_ ela fez cara feia.
_Quem sabe? Nós podemos ser amigos e...
_Você não sabe o que esta dizendo_ ela o interrompu_ você não sabe o que aconteceria se meus lindos dentes chegassem a algum lugar perto de você_ ela continuou, sua voz ameaçadora, ele engoliu seco.
_Foi mal_ ele pediu desculpas nervoso.
_Esses seus olhos não vão ajudar_ eu disse.
_Eu não tenho como arrancá-los fora e botar outros no lugar_ ela falou zangada.
_Você nunca ouviu falar em lentes de contato?
_Não ia funcionar, eu pensei em botar óculos escuros mas ia estragar o meu look simplesinha.
_Agente da um jeito_ eu disse.
_Então vamos logo com isso_ o Gordon apressou.
Sem que ninguém nos visse o fizemos entrar por uma porta que estava sem proteção e fomos distrair os três patetas que sobraram.

_Com licença_ ela pediu com sua voz doce, suave.
_Hei, vocês não podem entrar aqui_ um dos três homens avisou.
_Agente só queria uma ajuda_ eu falei.
_Qual o problema?_ o outro perguntou.
_Nós estávamos indo pra cidade, mais acabamos nos perdendo_ ela disse.
_Põe perdidos nisso_ ele nos olhou desconfiado e parou quando viu os olhos dela.
_Gostou das minhas lentes?_ ela perguntou quando percebeu a expressão no rosto dele.
_É bem... Diferente.
_É que ela adora aparecer_ eu brinquei.
_Fazer o que? Ele acha sexy_ ela sorriu pra mim.
_Vocês estão juntos?_ o terceiro cara perguntou.
_Sim, estamos comemorando dois anos de namoro hoje, mais ele não me ouviu quando disse que a cidade ficava pra esquerda e não pra direita e... Acabamos aqui_ ela improvisou.
_Dois anos é?
_Sim, queríamos comemorar de um jeito especial_ ela explicou.
_Onde vocês estavam querendo ir?
_Érr... _ ela me olhou parecendo envergonhada_ nós estávamos indo pra um hotel.
_Ah, entendi_ os três riram.
_Vocês podem nos ajudar?_ eu perguntei.
_Só um minuto.
Narrado pela Demi

Os três se afastaram de nós e começaram a conversar, eu não gostei do que ouvi, eles não estavam engolindo nossa história.

_Temos um problema_ eu falei baixinho, só pra que ele escutasse.
_O que foi?
_Eles não estão engolindo nossa historia_ eu falei_ eles não acreditam que somos um casal.
_Por quê?_ ele perguntou.
_Nós precisamos ser mais convincentes_ eu falei.
_Como?
_Só, entre no personagem_ eu disse simplesmente.

Eu o avisei com meus olhos e fui chegando mais perto, então o abracei, ele ficou um pouco sem jeito mais então colocou suas mãos em minha cintura, me abraçando de volta. Difícil descrever o que senti quando sua pele quente tocou a minha. O fogo queimou dentro de mim, era como se eu estivesse no inferno... Mas não era só o fogo da sede incontrolável, tinha um outro fogo, um diferente que queimava no meu coração, todo o meu corpo, um fogo que eu nunca senti antes. Eu estava enlouquecendo... E o pior era que eu estava gostando. Os homens se viraram discretamente pra nos olhar. 

_Aquilo não parece um casal pra você?_ um deles perguntou.
_Olha só o jeito que eles se olham, estão apaixonados_ o outro falou.

Eu o Joe estávamos nos encarando, mas prestando atenção na conversa. Eu parei e olhá-lo e escorei minha cabeça sobre seu peito quando ouvi a observação do homem. Eu não gostei do que aquilo me fez sentir.
continua.....



resposta dos comentários = taynara miranda brigado e claro eu vou posta todas as temporadas :P. 
MusicforJonas - brigado que bom que você gosto.




4 comentários:

  1. aaah e eu vou acompanhar todas as temporadas eu simplesmente amoooooooooooooooooooo essa fic!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. awnn que bom bem vinda vamos nos ver muito então :D

      Excluir
  2. ei nova leitora e estou amando a fic!!
    Mais arruma ai pra ficar mais facil de achar os capitulos pk la em baixo fic ruim e pra comentar tbm fora isso está perfeitooo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que ta gostando tudo bem vou arrumar :D

      Excluir

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré